Nidus

Arquivos da categoria: Artigos

Como era fácil viver na época em que tínhamos três ou quatro canais de televisão e algumas rádios AM para nos manter informados! O mundo era imenso e as notícias chegavam sempre atrasadas, fazendo com que os atentados no Oriente Médio ou o terremoto no Japão fossem algo distante e que não teriam nada a ver com o Brasil. A transmissão, “ao vivo”, da primeira guerra do Golfo em 1991, foi um marco para as comunicações, pois foi a primeira vez que presenciamos um fato de imensa relevância acontecer em tempo real.  Uma década depois, podemos assistir atônitos pela TV a queda das torres do “World Trade Center”, no exato momento em que elas foram ao chão.  Como se vê, as coisas mudaram e, agora,  qualquer pessoa com um telefone celular conectado à internet, tornou-se um potencial transmissor de notícias e propagador de ideias em tempo real, e isso nem…

Leia mais

5 estratégias para se livrar da “síndrome” da música do Fantástico. Por Jaison Franzen Umas das áreas que tenho investido mais tempo nos últimos anos é a produtividade. Desde saber o que tem que ser feito, até planejar o que precisa ser feito existe uma lacuna terrível, concorda? Pois é! Na maioria dos processos de mentorias sobre Produtividade e Gestão do Tempo que venho participando é quase que unanimidade que o melhor momento para se planejar a próxima semana é no domingo à tarde, quando após um final de semana revigorante, você está pronto para organizar as suas ideias e mapear os projetos que precisam colocar em prática nos próximos dias. O que vou relatar aqui, para mim, não é mais um problema pois há anos não acompanho este programa, contudo toda vez que eu escuto essa música eu lembro da mulher que saía de dentro da água ao som…

Leia mais

Uma das coisas que gosto de fazer é acordar pela manhã com a consciência tranquila de que terei um dia produtivo porque planejei tudo, bem direitinho, no dia anterior. Só que como a vida é cheia de incertezas, elas tomam conta do nosso dia a dia e acabam influenciando no nosso planejamento, nos tirando das rotinas previstas e, geram uma quantidade “ilimitada” de decisões a serem tomadas e problemas que precisam ser resolvidas. Não sei você… mas sempre que chego em casa após um dia atípico como este, ao tentar dormir, meu cérebro parece uma cena de abertura de loja em dia de Black Friday, tipo aquele momento onde os vendedores abrem as portas e vem aquela onda humana, sabe? Com o tempo e o sofrimento, foi preciso desenvolver algumas técnicas para baixar a rotação antes de dormir, entre as que aprendi a utilizar quase que diariamente são a de…

Leia mais

Você deve estar pensando: “Bom, lá vamos nós para mais um artigo padrão de “passos para alguma coisa”. Permita-me, antes de iniciar a nossa caminhada (já que falaremos de passos), dizer que nosso cérebro entende de forma mais fácil as coisas em sequência. Por isso que vemos tantos textos ensinando a dar passos. Sugiro que aproveite. Mesmo você tendo a percepção que é tudo besteira, se você levar em consideração que a pessoa que estabeleceu os 4 passos que abordaremos na sequência, e que são capazes de fazer qualquer pessoa aprender qualquer coisa, foi um físico, ganhador de um prêmio Nobel, eu sugiro que você dê um pouco de atenção. Juro que não vai demorar. Contextualizando, você concorda que a arte de ser pai proporciona momentos incríveis de aprendizado, não é? Bom, no meu caso tem sido, principalmente nestes quase 15 meses de restrições devido à pandemia (no momento em…

Leia mais

Olá, sou Francieli Parizotto Schulz, Parapsicóloga Clínica e nova colunista voluntária da Nidus e, nesse espaço, você encontrará reflexões sobre autoconhecimento, esclarecimento e bem estar. Penso que, somente através do autoconhecimento e do  esclarecimento é possível diminuir as dores humanas. Trago nesse primeiro contato, uma reflexão sobre a busca por segurança. Desde sempre o ser humano busca por segurança e estabilidade, porém no momento em que vivemos essa busca se mostra ainda mais insana e cada vez mais distante de ser alcançada. Segurança, uma grande ilusão. Você, funcionário público, já se perguntou qual foi a razão que motivou a busca do serviço publico? Sem necessitar de muito tempo para responder, na grande maioria dos casos, para não dizer em todos, SEGURANÇA é a resposta. A busca pela segurança e estabilidade é uma meta idealizada por todos nós seres humanos, pois somos os únicos mamíferos com consciência sobre a morte, sobre…

Leia mais

Um mundo de possibilidades que ainda não sabemos usar Se você é servidor público, provavelmente já ouviu (ou conhece alguém que ouviu) de algum gestor: “Trabalho remoto não funciona aqui”… Sim? Então siga essa reflexão sobre a transição do trabalho presencial para o trabalho remoto 😉 Na década de 90, começaram a surgir os primeiros sites na web, inclusive os de Governo, e nós ainda não tínhamos a menor ideia do que essas portas de entrada para a internet (portais) iriam se tornar. Hoje, a nossa conexão onipresente nos dá acesso a um conjunto de bens e serviços que, em algum momento ao longo desses trinta anos, alguém deve ter avaliado: “Isso nunca poderá ser feito pela internet”. Os primeiros sites na internet eram de dois estilos extremos. Um era o super básico, tipo um papel timbrado ou jornal impresso colocado na tela, não havia quase nenhuma possibilidade de interação. O…

Leia mais

Na última coluna para o Nidus Lab conversamos sobre hobbies, em que foram apresentadas 03 categorias de atividades para você explorar e estimular a criatividade, vitalidade física e uma renda extra. Se ainda não leu, vale a pena conferir e talvez ter alguns bons insights, ainda em tempo de colocá-los em prática no primeiro semestre deste ano. O tema de hoje também é leve, divertido e repleto de boas lembranças. Apresentarei algumas ideias do best seller do escritor e palestrante Dale Carnegie, publicado no Brasil com o título: “Como fazer amigos e influenciar pessoas”. Digo que é divertido porque Carnegie nesse livro é como um professor amigo, que ensina lições para a vida por meio de exemplos reais, nas áreas de comunicação e relações pessoais. Os ensinamentos de Carnegie sobreviveram ao teste do tempo, pois apesar do livro ter sido escrito em 1936, ou seja, há quase 100 anos, seguem…

Leia mais

Ontem, dia 21 de abril, foi celebrado o Dia Mundial da Criatividade e Inovação ([https://www.worldcreativityday.com/brazil]). O termo, “Criatividade e Inovação” é muito amplo, muitas coisas cabem dentro desse “guarda-chuva”. Há alguns anos, acompanho a evolução e o entendimento de Criatividade e Inovação e quero aqui no texto responder três perguntas relevantes que podem esclarecer a importância da construção de competências que permitam que os servidores e as instituições sejam mais criativas e inovadoras. Além disso, vou compartilhar com vocês, três livros fundamentais para incluir na sua bagagem durante essa jornada transformadora infinita que é inovar no setor público. ##Por que inovar no setor público é importante? O país tem desafios urgentes e a atuação do setor público é fundamental para que os problemas sejam resolvidos. Inovar é importante por muitos motivos. Mas, basta olharmos ao redor e perceber as consequências de não inovar. A obsolescência para setor público significa a perda…

Leia mais

Olá caros leitores desta coluna no Nidus! No último artigo, compartilhei alguns ensinamentos de Nassim Taleb sobre antifragilidade. Desde então, venho refletindo em algumas passagens daquele livro, em especial a frase: “- Decisões óbvias precisam de apenas um motivo e não mais que isso”. É incrível como algumas coisas parecem que “grudam” na gente e ficam martelando nos ouvidos, fomentando reflexões pessoais e orientando as tomadas de decisões. Mas, não se preocupe! Hoje, não vamos “decidir” nada, a pauta é bem mais leve: hobbies! Por aqui já falamos muito de trabalho, estudo, inovação… Também, nas redes sociais ou conversas diárias, aparecem inúmeras ofertas de cursos, treinamentos, palestras, lives, certificados e várias outras coisas relacionadas à vida profissional que a ideia de explorar um hobby parece estranha e vai ficando para depois. Ainda mais em tempos de “home office”, onde nossa casa (um dos locais clássicos para exercitar o lazer), tornou-se…

Leia mais

Os atores que fazem a inovação acontecer.   A pergunta “Quem inova o setor público?” pode nos limitar a pensar que alguém sozinho realizará essa tarefa. Isso não vai acontecer. Serão necessários múltiplos atores e uma capacidade de colaboração enorme. Ainda assim, essa pergunta é importante para entendermos quais são os papéis e as motivações centrais desses atores que fazem a inovação acontecer no setor público.   É necessário dizer que a inovação não é um lugar onde vamos chegar. Inovar deve ser uma prática diária para que servidores públicos trabalhem da melhor forma e entreguem os serviços que os cidadãos precisam. Inovar é uma necessidade básica para a instituição pública que pretende ser relevante neste século.   A inovação é como alimentar-se… Se você parar de comer, você morre. No entanto, comer mal pode trazer problemas. Dietas malucas, nem pensar.   Se a inovação é como a alimentação, o…

Leia mais

20/49