Arquivos do autor: Marcelo Albuquerque Barbosa

Hoje o intuído é mostrar uma metodologia antiga, porém muito eficiente no controle da qualidade de seus processos e projetos, mostrando uma parte mais teórica e depois, uma pequena aplicação prática do PDCA. PDCA ou também conhecido como ciclo de Shewhart, consiste em realizar 4 etapas de forma cíclica e contínua: planejar (Plan), Executar (Do), Checar (Check) e agir (Act). Essa simples metodologia irá ajudar a se organizar, a manter uma qualidade, e reduzir desperdícios de tempo, dinheiro e matéria prima. Vamos iniciar com o planejamento (Plan), essa é a hora fazer um bom mapeamento dos problemas, analisar os processos necessários para realizar as ações, planejar as tarefas, orçar horas e fazer um brainstorm. Essa é a parte onde você deve gastar mais tempo, um bom planejamento irá evitar muito retrabalho e gastos futuros, então planeje com muita atenção e cuidado. Com o planejamento pronto, já temos um plano de…

Leia mais

Há algumas semanas atrás, nossa equipe estava prestes a fazer um grande lançamento e tínhamos um tempo relativamente curto para a entrega. Contávamos com uma equipe reduzida (3 pessoas) e como estávamos trabalhando remotamente por conta da pandemia, teríamos que ter bastante foco para que não houvesse atrasos ou contratempos. Assim, adotamos a técnica do pomodoro, com algumas adaptações. Primeiramente, eu e meu colega, listamos as nossas tarefas da forma mais granular que pudemos fazer e orçamos em pomodoros de 30 minutos. Por exemplo: criar uma mensagem de erro em caso do login estar inválido – 1 pomodoro. Após mapearmos o trabalho do dia, conversávamos sobre o que iríamos fazer nesse período, para que cada um soubesse o que o colega estaria fazendo. E, então, trabalhávamos 30 minutos totalmente focados, com microfones desligados e com a regra de ser proibido se comunicar nesse espaço de tempo (apelidado por nós de…

Leia mais

Quem está envolvido no mundo de startups, programação e afins, provavelmente já deve ter ouvido este termo “hackaton” alguma vez na vida. Para quem não está familiarizado, hackathons são competições em forma de maratona, onde equipes se unem para solucionar um problema específico de forma inovadora. Mas, como participar de um evento assim, logrando êxito e, ainda o que o mesmo tem a ver com o setor público? Geralmente hackathons são realizados por empresas (públicas ou privadas), laboratórios, faculdades e associações tecnológicas. São eventos que duram de um dia até semanas e que, geralmente, premiam seus vencedores, como forma de motivação. Meu intuito com esse artigo é o de passar algumas dicas para você se sair bem nesse tipo de competição. Isso pode ser levado em qualquer maratona desse tipo, inclusive naqueles realizadas por instituições e órgãos públicos. Deste modo, quando eu me referir ao termo “hackathon”, portanto, estarei me…

Leia mais

3/3