Nidus

Arquivos do autor: Jailson Aurelio Franzen

Quantas vezes empurramos com a barriga aquele projeto, aquela tarefa, aquela decisão importante ou aquela conversa difícil? A gente até sabe que tem que fazer, que é importante, mas não consegue dar seguimento porque sempre aparece alguma coisa urgente, o tempo não ajuda, e aí decidimos que é melhor esperar para depois! Dizem que o eu do futuro é sempre mais capaz do que o eu do presente e isso é muito perigoso ao criar a ilusão de que logo seremos capazes, depois terei mais tempo e isso é um grande equívoco, pois como dizem, a procrastinação é o ladrão que permite que os meus sonhos sejam realizados por outra pessoa. Na vida fomos treinados por anos de evolução a buscar o menor esforço, nosso cérebro não gosta muito de sofrimento e, por isso, tende a nos lançar na chamada zona de conforto. Essa zona de conforto faz com que…

Leia mais

Acredito que seja quase um consenso que vivemos um tempo de transformação, as coisas estão mudando e mudando de uma forma muito rápida. A quantidade disponibilizada de informação facilita o conhecimento e proporciona uma série de visões diferentes sobre um mesmo tema. Como então conseguiremos manter uma organização funcionando e sendo produtiva? O que se conhece nos campos das ciências, da política, da economia e da sociedade hoje, pode sofrer uma guinada radical da noite para o dia, dessa forma, projetos tornam-se obsoletos e o que era certo passa a não servir mais. Isso significa que o planejamento deve ser abandonado? Não é bem assim, o que é preciso é planejar diferente, pensar em curto prazo e não perder tempo com processos longos e morosos, afinal ninguém mais está disposto a esperar, ninguém tem tempo nem mesmo para ouvir uma mensagem em velocidade normal! Um modelo de gestão adequado exige…

Leia mais

Existe coisa mais chata do que aquele cara que vive tendo idéias, que vive querendo mudar tudo?  Aquele cara que não entende que nossa instituição está aqui há tantos anos agindo dessa forma, com as normas claras e bem definidas há décadas e vivem querendo criar “sarna para se coçar”!  Pra que ficar inventando moda?  E se isso não der certo, quem vai ser o responsável?  Quem vai pagar o prejuízo se der errado? Quem é servidor público provavelmente já ouviu ao menos uma vez uma conversa parecida com essa.  É difícil inovar no serviço público por vários motivos, inclusive legais, mas a maior dificuldade está na mentalidade predominante de que no que está funcionando não se mexe, ou, não se deve inventar problema para ter que resolver depois. Quando uma ideia nova surge, a tendência é avaliar o que pode dar errado, quais os pontos negativos e, principalmente sobre…

Leia mais

Certa vez tive acesso a uma revista especializada em negócios que publicava o ranking das “melhores empresas para se trabalhar no Brasil” e fiquei curioso com os motivos que tornariam uma empresa tão boa a ponto de se destacar e ter seu nome veiculado naquela revista tão conceituada, com direito a reportagem especial e tudo! Pensei que certamente seria o salário, afinal de contas quem não gostaria de trabalhar em uma empresa que pague bem aos seus funcionários?  Estava redondamente enganado, o principal ponto destacado pelos funcionários era a valorização que a empresa dava a eles.  É claro, passava pelo salário, mas a autonomia, reconhecimento e possibilidade de crescimento fizeram com que uma montadora de automóveis de Minas Gerais fosse considerada pelos próprios funcionários como a melhor do Brasil para se trabalhar. Empresas que investem em seus funcionários tendem a ter um retorno maior, afinal se considerarmos que trabalhadores felizes…

Leia mais

A regra das organizações é possuir uma estrutura com certo grau de hierarquia. Em algumas ela é mais rígida e definida e em outras ela é mais flexível, mas sempre tem alguém que define, que decide e que direciona, seja de forma mais autoritária ou participativa, depende do tipo e tamanho da organização. Mas o que define se essa estrutura hierárquica é boa ou não para a organização? Diria que depende, pois em uma organização privada os resultados são medidos principalmente pelo volume de vendas e o retorno sobre os investimentos, por sua vez, em uma organização pública, os resultados não são tão claros, pois são permeados por questões políticas, legais e burocráticas, sem falar em interesses de classes, que influenciam muito na avaliação por parte dos “clientes”. Por isso que discutir sobre a hierarquia nas instituições públicas é tão complexo, mas vamos tentar! Inicialmente é possível dizer que, em…

Leia mais

Em tempos de pandemia, percebemos algumas coisas que ficaram muito expostas por conta de posicionamentos que entes não daríamos tanta importância. O mundo encontra-se dividido entre grupos políticos e ideológicos antagônicos que buscam justificar seus posicionamentos acusando-se mutuamente. O combate ao maldito vírus e o enfrentamento às conseqüências da pandemia levantaram uma questão interessante, e até então quase impensável, que é a validade da ciência como a conhecemos e aprendemos nos bancos escolares. Com o iluminismo, passamos a encarar o mundo como algo sistêmico e mecânico e o paradigma deixou de ser o religioso e passou a ser o científico. Esse novo paradigma está estabelecido no princípio de que tudo possui uma mecânica, que basta compreender como as coisas funcionam para entendê-la por completo. Pensemos em uma máquina, à partir do momento que em consigo desmontá-la e ver suas peças, posso compreender o papel de cada uma delas e como…

Leia mais

Em todos os segmentos de um processo de gestão, deve-se buscar o máximo de eficiência, seja na hora de desenvolver um produto ou de implementar um serviço, quanto na hora de se comunicar com público.  Em uma sociedade tão dinâmica, em que distância e tempo são relativos, uma comunicação tradicional tende a perder força enquanto a ousadia acaba ganhando terreno e representando o grande fator de excelência que fez com que comunicadores se tornassem verdadeiras celebridades, seja em autoridade ou em entretenimento.  É nesse espírito que Tom Peters declarou que “tempos loucos exigem organizações malucas”.    Diante dessa loucura que se vive hoje, ele mesmo, Tom Peters, recomenda a aplicação de doze princípios que caracterizam um bom líder.  Vamos ver então: Excelência é uma estratégia de curto prazo – não adianta ficar pensando em como seria legal se conseguíssemos fazer de tal jeito. É preciso agir, fazer bem feito na…

Leia mais

Creio que ninguém goste de discursos, especialmente aqueles chatos, cansativos que se resumem a falar de números e outros aspectos técnicos.  As pessoas tendem a gostar bem mais de ouvir um conteúdo divertido, que faça sentido para ele e que, ao mesmo tempo, transmita uma mensagem importante. Contar histórias sempre fascinou a humanidade, o enredo e as personagens interagindo com uma trama envolvente prendem a atenção das pessoas a ponto de ficarem horas a frente de uma tela “maratonando” séries ou assistindo filmes.  E quem não gosta?  Quem nunca se perdeu em uma boa história? Pois é, então por que a comunicação pública precisa ser assim, burocrática, cansativa, sem muita criatividade?  No mundo corporativo os gestores já perceberam que vender algo com base em uma história bem contada é algo muito eficiente e, de longe, mais atrativo do que as estratégias tradicionais.  Empresas de todos os tamanhos vêm experimentando inserir…

Leia mais

Como era fácil viver na época em que tínhamos três ou quatro canais de televisão e algumas rádios AM para nos manter informados! O mundo era imenso e as notícias chegavam sempre atrasadas, fazendo com que os atentados no Oriente Médio ou o terremoto no Japão fossem algo distante e que não teriam nada a ver com o Brasil. A transmissão, “ao vivo”, da primeira guerra do Golfo em 1991, foi um marco para as comunicações, pois foi a primeira vez que presenciamos um fato de imensa relevância acontecer em tempo real.  Uma década depois, podemos assistir atônitos pela TV a queda das torres do “World Trade Center”, no exato momento em que elas foram ao chão.  Como se vê, as coisas mudaram e, agora,  qualquer pessoa com um telefone celular conectado à internet, tornou-se um potencial transmissor de notícias e propagador de ideias em tempo real, e isso nem…

Leia mais

9/9