Nidus

Arquivos do autor: Duda Sarmento

Percebi em minha trajetória dentro das empresas que a famosa “correria” faz a gente viver no automático, sem perceber para onde estamos indo. Costumo falar que fomos ensinados, e arrisco dizer condicionados, a apenas seguir o ritmo padrão. E, por isso, não desenvolvemos um olhar curioso para outras possibilidades ou até mesmo crítico. Tem coisa mais inovadora do que você não se contentar com a primeira opção que aparece? Vou dar um exemplo bem prático: Filas. Você já percebeu o quanto as pessoas simplesmente param atrás de uma fila, sem nem mesmo se perguntar se é ali mesmo? Ou pior, sem nem ao menos erguer a cabeça e perceber que a 10 passos daquele lugar existe uma opção sem fila? Eu sei que isso também tem a ver com uma das nossas necessidades básicas que é o pertencimento, mas hoje não falaremos sobre isso. Hoje eu quero fazer duas perguntas…

Leia mais

Na semana passada comemoramos o dia da criança, e vou te contar que esse é um baita dia pra pensar sobre várias coisas… Pensar sobre o quanto, nós adultos, nos afastamos de quem naturalmente somos, para nos encaixarmos nas expectativas, necessidades e julgamentos do todo. Pensar o quanto, nós adultos, nos afastamos do que realmente queríamos ser, para agradar alguém ou pertencer, afinal de contas o senso de pertencimento é uma das necessidades básicas do ser humano. Pensar sobre o quanto nós adultos deixamos silenciados nossos sonhos infantis pq eles “eram coisa de criança”… sendo que na verdade “coisa de criança” é coisa verdadeira, sem medo de frustração, sem medo de fracasso, sem medo do não. Sonho de criança simplesmente é sonho e como dizia Walt Disney: Se você pode sonhar, você pode realizar! Pensar, o quanto nós adultos perdemos a chance de demonstrar sentimentos verdadeiros, com todo entusiasmo e…

Leia mais

#tokyo2020, se foi. Mas, calma!! Para os fanáticos pelo esporte, em menos de 1 mês teremos as paraolimpíadas, para acompanhar, não dormir e nos inspirar!!! Enquanto isso, vamos conversar sobre o que, além de saudades, essas Olimpíadas vão nos deixar? Os atletas olímpicos deram vários shows… de força, disciplina, muito suor, garra e superação. Histórias incríveis de pessoas de carne e osso que parecem verdadeiros heróis em alguns momentos. Pessoas que dedicam anos da sua vida para, muitas vezes, em poucos minutos, entregarem tudo de si, com todo amor e dedicação. Mas além de tudo isso que, a propósito, temos a oportunidade de ver de 4 em 4 anos, os atletas desta edição trouxeram, nas entrelinhas, um comportamento incrível de humanidade! Um senso de coletividade fortíssimo que nos faz refletir sobre o verdadeiro espírito competitivo. Vimos cenas fortíssimas de empatia, como por exemplo no Skate Park, quando a Japonesa Misugu…

Leia mais

Oi gente, que alegria estar aqui!! Quero, antes de tudo, agradecer o convite e a oportunidade de estar escrevendo e, principalmente, agradecer você que está lendo! Tenho certeza que juntos poderemos refletir muito sobre a nossa vida, buscando um caminho com mais saúde e felicidade pra gente! Agora sim, aqui quem fala é a Duda! Muito prazer 😉 Se você acompanhou o Café com Nidus sobre produtiVIDAde e Soft Skills você já me conhece 😉 Se não conseguiu acompanhar, eu sugiro assistir, foi uma delícia! Para quem não me conhece, vamos começar com a minha apresentação, então? Me chamo Eduarda Cristina Pinto Sarmento Só, mas costumo dizer que sou a Duda 🙂 Tenho 33 anos, e falo bastante! Sou Lageana e moro em Floripa há 13 anos. Sou casada com um manezinho, por isso Floripa tem meu coração duas vezes! Adoro estar entre pessoas, fazer conexões, conhecer histórias e dar…

Leia mais

4/4