Arquivos do autor: Raony Osório

Olá caros amigos leitores, espero que a chamada da postagem tenha despertado sua atenção. Este texto tem a pretensão de ser leve, mas com um viés provocativo. No mês passado, esta coluna abordou um grande objetivo para se buscar 2021 – ampliar o repertório – seja por meio de curiosidade, novas experiências e etc. Seguindo a própria indicação do texto anterior, mergulhei em novos conhecimentos, em especial em matérias de gestão ágil (que ainda vou apresentar por aqui). Nesses estudos, uma frase me chamou atenção: Você é pago para resolver problemas. Já abordei em outro texto a possibilidade de resolver problemas com mais facilidade sabendo outro idioma, mas, ao parar e refletir de que somos remunerados com a finalidade de resolver problemas, me deu uma espécie de estalo e um estado reflexivo. Fiquei pensando como isso se aplicaria ao meu trabalho e nas coisas ao meu redor, a exemplo: Quando…

Leia mais

Olá amigos leitores do NIDUS, este é o primeiro artigo de 2021, e como toda a mudança de ano e renovação de ciclo, chegam também as novas resoluções, promessas e objetivos. Você já deve ter estabelecido algumas metas que, sejam grandes ou pequenas, trazem fôlego e esperança para enfrentar os novos desafios. Em artigo anterior, listei 07 dicas para você se manter motivado. Vale (re)ler para lembrar alguns pontos importantes, dentre eles aquele fundamental e talvez o mais legal – comemorar as conquistas alcançadas! Mas como ainda é cedo para falar em comemorações, vamos voltar ao primeiro parágrafo deste texto e conversar sobre objetivos, aliás de um em especial: ganhar repertório. Pessoalmente gosto muito da palavra “repertório”. Ela me soa muito bem aos ouvidos, chama atenção ao lê-la e parece que sempre vem acompanhada de alguma coisa boa. No âmbito deste texto, ela estará acompanhada da palavra sociocultural. Pois bem,…

Leia mais

Quem diria, cheguei ao meu 11º texto aqui para o NidusLab! É um grande desafio e responsabilidade escrever para o Laboratório de Inovação do Governo de Santa Catarina, ainda mais para um público que sabe tudo sobre inovação, gestão pública, projetos e o ecossistema relacionado. Outro grande desafio nessa jornada é conectar um texto ao outro. Quem acompanha essa coluna sabe que um tema puxa o outro e assim vamos criando uma thread sobre as temáticas do Nidus. Então, para criar um link com o artigo anterior, sobre o livro “Os Magnatas” e o ambiente propício para inovação no início do XIX, vou fazer um breve adendo.  Embora não tenha destacado no artigo anterior, as necessidades militares também tiveram grande influência na corrida por inovação americana. Referido livro apresenta, em um de seus capítulos, a busca pela intercambialidade de peças de armas e como seu alcance alterou os setores industriais,…

Leia mais

No último texto para o Nidus Lab conversamos sobre motivação, nele foram elencadas 07 dicas para se manter motivado frente aos diversos desafios e intempéries que se apresentam diariamente na nossa vida pessoal e profissional. Além de escrever sobre inovação, vida profissional e outros, eu me disponho a viver um pouco isso e passar uma mensagem verdadeira nesses textos. Assim, tomei motivação para fazer uma coisa simples, mas que ficava postergando, que era retomar o hábito de leitura. E tive boas surpresas! Li rapidamente um romance dos anos 70, de Ken Follet, chamado “O buraco da agulha”, que é um livro realmente bom e um dos primeiros best sellers do autor. Na sequência, ainda motivado, me propus a ler algo mais denso. Pois bem. Olhei para a estante e o olho bateu no livro “Os Magnatas” de Charles Morris, que há alguns bons anos dorme na prateleira, apesar das frustradas…

Leia mais

Olá pessoal! No último texto para o Nidus Lab, apresentei 03 plataformas incríveis de ensino online para você desenvolver novas habilidade e turbinar seu currículo. Descobrimos cursos muito legais no edX, Coursera e ENAP e espero ter estimulado a curiosidade dos leitores e quem sabe a matrícula em algum dos cursos. E matrícula em cursos hoje em dia é o que não falta, não é mesmo? Além dessas plataformas que apresentei são tantas outras.. Udemy, pós graduações, cursos de idiomas, certificações, tem até cursos aqui no linkedin. A chance de você estar matriculado em um curso online atualmente é grande, mas a pergunta relevante é: Você irá terminá-lo? Começar e terminar tarefas complexas, ainda mais falando de estudos é sempre um desafio. Percorrer os caminhos de um curso ou alguma tarefa difícil no seu dia a dia requer, acima de tudo, motivação. E é sobre isso que iremos tratar no…

Leia mais

Há duas semanas, nesta coluna do Nidus Lab, compartilhei algumas dicas muito interessantes para você potencializar o seu aprendizado de idiomas, e no outro artigo, a importância de você dominar uma outra língua para ter acesso a mais informações e consequentemente, resolver problemas com mais facilidade. Seguindo essa linha de aprendizado e desenvolvimento de novas habilidades (não só de línguas), hoje irei apresentar algumas plataformas robustas e reconhecidas nacional ou internacionalmente para que você aprofunde seu conhecimento em determinado assunto, conquiste um certificado destacado ou ainda aprenda algo novo. Então vamos lá! O ensino online, virtual ou EAD já está incorporado aos métodos de estudo e aprendizagem. Muita gente não gosta ou é desconfiada com o assunto, mas até por conta da pandemia com muitas aulas presenciais passando para o lado virtual, o que já era um caminho sem volta, teve uma antecipação brusca. E nessa antecipação, estamos sendo bombardeados…

Leia mais

Salut! No último artigo para o Nidus Lab, apresentei as possibilidades que um novo idioma nos traz, em especial, o socorro na hora de resolver problemas. Vimos que as dúvidas não se limitam à sua posição geográfica e, uma questão que você precisa resolver aqui, outra pessoa já pode ter resolvido em outro lado do mundo. Fizemos alguns exercícios de buscar expressões em português e inglês no google e neste idioma encontramos ainda mais referências/resultados na pesquisa. Ou seja, tirando os já conhecidos benefícios de aprender outra língua, como conhecer a cultura, comunicação, oportunidades de estudo e trabalho, temos aí um potencial ainda mais prático: resolução de problemas. Assim, sabendo desses benefícios e também da necessidade de aprender um novo idioma, como começar, o que fazer, como estudar, como de fato aprender e evoluir em uma língua estrangeira? A resposta vai depender de cada pessoa, visto que cada um aprende…

Leia mais

Certamente, você já estudou inglês, espanhol ou outro idioma ao longo da sua vida e carreira. A chance de ter estudado apenas na escola e de ter esquecido tudo, ou ainda, se matriculado em um curso e desistido no meio do caminho é grande, até porque cerca de 95% da população brasileira não fala inglês, quiçá outro idioma. Também você já sabe que é muito importante falar outro idioma, por motivos diversos, seja para trabalhar em outros países, progressão de carreira, vender para outro público, estudar, entre outros. Pode ser também só pelo orgulho de estar entre os 5% que se comunicam em inglês no Brasil ou afunilar ainda mais, para os percentuais mínimos dos que falam francês, chinês, russo e outros.  Então isso não é nada novo, inclusive nos é falado desde sempre que “inglês é primordial, língua do futuro”. Sendo assim, por que será que quase ninguém é fluente…

Leia mais

Este texto é para quem sabe pouco ou nada sobre inovação e toda hora que escuta essa palavra ou frases como “precisamos inovar” ou “aquilo é inovador” sente até um interesse, mas para por aí, já que seu conhecimento sobre inovação é mais do adjetivo do que do verbo. Ou seja, sabe que inovar é algo bem legal e importante, mas não tem conhecimento ou ferramentas sobre isso, resumindo, não sabe dos paranauê. Confesso que pertenço ao grupo dos que sabem o básico, tanto é que meu espaço nesta coluna do NIDUS Lab é mais dedicado à gestão e ao empreendedorismo, mas buscando inspiração aqui e acolá (lembram do último artigo sobre criatividade?) quero trazer de pronto a resposta para a pergunta do título do artigo:  Busque soluções para problemas difíceis. Para começar a inovar, você deve ter um problema para resolver, de preferência um sério, aquele que lhe deixa…

Leia mais

Você não precisa ter um dom especial para ser criativo, lições do bestseller “roube como um artista”, de Austin Kleon Há duas semanas, nesta coluna do Nidus Lab, compartilhei uma lista de 05 características e atitudes do chamado espírito empreendedor para se cultivar e ter mais assertividade na vida profissional e pessoal. A chamada era de que com elas você se tornaria um profissional melhor e mais completo. Realmente acredito nisso e as características como iniciativa, disposição em assumir riscos e resolubilidade são altamente desejáveis e constituem diferenciais.  Neste texto irei abordar outra qualidade muito relevante e que está alinhada com o  movimento de inovação, de novas ideias e melhoria de processos, a criatividade.  Inspirado no autor Austin Kleon e seu best seller “Roube como um artista”, apresento algumas chamadas e seus ensinamentos sobre criatividade, que muitos consideram um dom, talento ou aptidão com a qual já se nasce, mas…

Leia mais

10/13